Arquivo mensal: novembro 2011

Freestyle

O sussurro, o escuro e o silencio fazem parte do momento, fazem parte do aumento da profundidade do mundo. Fazem parte da veracidade poética dos olhos que eu inundo e que inundam os meus. E que cria no meu rosto um brilho que eu chamo de seu. Foi a lua que desceu? Ou fomos nós que subimos? Isso são as estrelas? Ou fomos nós que explodimos? E essa luz que nasceu? É o sol que apareceu? Ou só somos nós já sorrindo?

Anúncios

A dança

A inspiração está aqui
Por que é você que está aqui
Eu não esqueço do brilho dentro daquela luz apagada
Esta indecisão aqui
Não é só a dúvida que sempre me motiva
É por que eu não resisti ao tamanho do seu sorriso

Como eu te faço suspirar?
Eu gostaria de tentar
Eu gastaria tudo o que eu tivesse que gastar
Como eu te faço suspirar?
Eu gostaria de tentar
Eu viajaria por onde eu tivesse que viajar

Há uma coisa que eu sei e eu sempre sei
Quando eu fecho os olhos e eu fecho os olhos
Há uma coisa que eu sei quando eu fecho os olhos

Essa batida invisível está aqui
Por que é você que está aqui
Tirando sons singelos de um coração
Esta palavra está aqui
Não é apenas a criatividade que me motiva
É por que eu não resisti ao tamanho do seu sorriso

Como eu te faço dançar?
Eu gostaria de tentar
Eu falaria tudo o que eu tivesse que falar
Como eu te faço dançar?
Eu gostaria de tentar
Eu viajaria por onde eu tivesse que viajar

Há uma coisa que eu sei e eu sempre sei
Quando eu fecho os olhos e eu fecho os olhos
Há uma coisa que eu sei quando eu fecho os olhos

Você é tão bonita
Tão leve, elegante e delicada
É motivo de um juramento eterno
Você é tão bonita
Eu gosto do som sútil da sua risada
É motivo de um juramento sincero

Há uma coisa que eu sei e eu sempre sei
Quando eu fecho os olhos e eu fecho os olhos
Há uma coisa que eu sei quando eu fecho os olhos

Como eu te faço suspirar?
Eu gostaria de tentar

Lakota

Dono de um espirito guerreiro magnifico.
Somando energia de derrubar muralhas com a enregia de construir muros intransponiveis.

Inabalável vontade de vencer.

Olhos de Mestre Zen.
Olhos de Lakota

Tradicionalmente ele leva os valores por toda a vida.
Tradicionalmente ele eleva.
Se comprometeu com seus sentimentos.
Com sua força e caracteristicas.

Com os olhos de Lakota
Uma inabalável energia
Com os olhos do Mestre Zen.
Uma inabalável facilidade de ler

Tanto os olhos, quanto as situações.
E as palavras.

Ainda que em silêncio, muitas coisas são ditas.

Sem tatuagem por orgulho. Há tinta no seu coração.

Um inabalável coração lakota zen.

Célula elementar

Quando é muito tarde para estar acordado
O silêncio é barulho mais alto que se tem
O cérebro é o melhor lugar para estar mergulhado
Não é sobre sonho, é como estar zen

O eu em relação sempre elimina a solidão
Eu nunca revelo esse tipo de situação
E procuro em mim algum tipo de conversação
Quando nada bate mais alto que o coração.

Quando você está sozinho
Você não está sozinho
Há sempre alguém te ouvindo
E você sabe

O barulho do silêncio da madrugada
É só
O que eu consigo ouvir
Além de mim.

Procurando um lugar para colocar tudo dito
E é claro que não é dentro de um livro
Não quer dizer que eu me privo
De ler tudo o que eu tenho escrito

Quantas esferas você vence
Até encontrar o pessoal?
Não se misturar com uma célula maior
Não quer dizer que isso é um mal

Quando você está sozinho
Você não está sozinho
Há sempre alguém te ouvindo
E você sabe

Quantas vezes você ficar sozinho
Nunca estará sozinho
Há sempre alguém te ouvindo