Freestyle

O sussurro, o escuro e o silencio fazem parte do momento, fazem parte do aumento da profundidade do mundo. Fazem parte da veracidade poética dos olhos que eu inundo e que inundam os meus. E que cria no meu rosto um brilho que eu chamo de seu. Foi a lua que desceu? Ou fomos nós que subimos? Isso são as estrelas? Ou fomos nós que explodimos? E essa luz que nasceu? É o sol que apareceu? Ou só somos nós já sorrindo?

Anúncios

Publicado em novembro 12, 2011, em !. Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. gosto tanto desse.
    posso arriscar que me vem até a cena nos olhos.

    é muito verdadeiro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: